Quinta, 20 de Junho de 2024
17°

Chuvas esparsas

Redentora, RS

Ronda Policial TIRO NA NUCA

Adolescente usou arma ilegal do padrasto para matar mãe grávida; homem foi preso - RD Foco

Vítima estava grávida de 9 meses e bebê também faleceu

04/01/2023 às 20h55
Por: Depto de Jornalismo Fonte: Por Caroline Borges, g1 SC
Compartilhe:
Foto: Redes Sociais/Reprodução
Foto: Redes Sociais/Reprodução

O adolescente de 14 anos apreendido por matar a mãe grávida de 9 meses em Santa Catarina com um tiro na nuca, usou uma espingarda ilegal do padrasto para cometer o crime. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (4) pelo delegado Rafael Lorencetti, da Polícia Civil, que atua no caso. O assassinato aconteceu em Benedito Novo, no Vale do Itajaí, e o feto também morreu.

De acordo com o delegado, o padrasto do adolescente e esposo da vítima não tinha autorização para ter a arma e foi preso em flagrante. O crime ocorreu na noite de terça-feira (3).

O adolescente, que confessou o crime, era atendido pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). Ele foi autuado pela prática do ato infracional análogo à prática do crime de homicídio qualificado pelo meio que impossibilitou a defesa da vítima, feminicídio e uso de arma de fogo equiparada a de uso restrito.

Além disso, o adolescente também foi autuado por ato infracional análogo ao crime de aborto. A Polícia pediu a internação provisória dele.

"O adolescente confessou a prática do fato, inclusive mencionou que 'eu dei o tiro na cabeça porque é tipo uma paulada, só que aí ela iria dormir pra sempre'", disse o delegado.

A motivação do assassinato, segundo Lorencetti, foi um "desentendimento que vinha ocorrendo entre a mãe, de 34 anos, e o adolescente". Outros detalhes não foram divulgados.

Arma de uso restrito

O delegado completa, o padrasto do adolescente tem 40 anos e foi autuado em flagrante pela posse de arma de fogo de uso equiparado ao restrito e por omissão de cautela, já que teria negligenciado o armazenamento da arma na casa em que os envolvidos viviam.

Conforme o investigador, a espingarda estava com a numeração suprimida e foi apreendida.

 

*G1

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias