RD Online
Segunda, 29 de Novembro de 2021
25°

Poucas nuvens

Redentora - RS

Saúde Nova vida

Mulher recebe alta do hospital após cirurgia de 12 horas para retirada de tumor de 30 kg no Paraná

25/11/2021 às 16h48 Atualizada em 25/11/2021 às 17h00
Por: Depto de Jornalismo . Fonte: G1 PR
Compartilhe:
Karina depois da cirurgia. Foto: Reprodução
Karina depois da cirurgia. Foto: Reprodução

Aos 31 anos, o começo de uma nova vida. Foi na manhã de ontem, quarta-feira (24), quando a curitibana Karina Andressa Rodini recebeu alta hospitalar após realizar uma cirurgia de 12 horas para a retirada de um tumor de cerca de 35 quilos.

Ela tinha pouco menos de dois anos quando descobriu a neurofibromatose, que é um conjunto de doenças genéticas que afetam, mais notadamente, a pele e o sistema neurológico.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a condição se origina de mutações genéticas que resultam em sintomas imprevisíveis. Um dos principais sinais da doença consiste no aparecimento de nódulos e tumores na pele (neurofibromas), de tamanho variável.

No caso de Karina, o maior tumor estava na perna e pesava cerca de 35 quilos.

De acordo com a curitibana, na cirurgia realizada no dia 16 deste mês, foram retirados cerca de 30 quilos de 400 gramas do tumor. Ela perdeu 42 quilos desde então.

A cirurgia foi feita pelo médico Dr. McKay McKinnon, de Chicago, nos Estados Unidos da América (EUA), que é especialista em neurofibromatose, no Hospital Marcelinho Champagnat. Ele fechou momentaneamente a clínica que tem para vir fazer a operação.

“Nós não entendemos todo o mecanismo, mas meu conceito é que podemos cortar a conexão entre o sistema nervoso central e o tumor, fazendo com que o crescimento potencial possa parar”, explica o norte-americano.

Outro desafio para a equipe médica foi a anestesia. Uma vez que a cirurgia tem um longo tempo de duração, aumentam os riscos de complicações pelo comprometimento das funções de alguns órgãos considerados essenciais.

O procedimento contou com cirurgião plástico, geneticista, dermatologista, cardiologista, ortopedista e oftalmologista.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias