RD Online
Segunda, 29 de Novembro de 2021
25°

Poucas nuvens

Redentora - RS

Especiais DOADORES DE SANGUE

Com música e dança, Hemocentro anima doadores na abertura da Semana Nacional do Doador de Sangue - RD Foco

.

23/11/2021 às 16h31
Por: Depto de Jornalismo Fonte: Ascom SES/Secom
Compartilhe:
Mascote Hemotchê e banda da Brigada Militar deram boas-vindas aos doadores - Foto: Divulgação SES
Mascote Hemotchê e banda da Brigada Militar deram boas-vindas aos doadores - Foto: Divulgação SES

Não faltou animação na abertura da Semana Nacional do Doador de Sangue no Hemocentro do Estado do Rio Grande do Sul (Hemorgs), em Porto Alegre. Com a presença da banda da Brigada Militar, executando músicas como “Querência Amada”, e do mascote Hemotchê, quem esteve no local na manhã desta segunda-feira (22/11) foi surpreendido com a animada atividade.

Com a pandemia, as doações de sangue caíram 20% no Estado. Para marcar a retomada, o evento inclui uma série de atividades durante a Semana do Doador. Serão homenageados 30 doadores e 16 empresas parceiras. “A intenção é agradecer aos doadores que, mesmo durante a pandemia, conseguiram discernir a mensagem de que ficar em casa para evitar a propagação do vírus é necessário, mas manter as doações de sangue é essencial”, disse a assistente social Gesiane Alamansa, coordenadora do setor de captação de sangue do Hemocentro.

Em 25/11, Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, o Palácio Piratini e o Centro Administrativo estarão iluminados de vermelho, cor alusiva à data. Gesiane lembrou que são necessárias doações de todos os tipos de sangue, principalmente o tipo "O negativo". Necessidade que mobilizou o motorista Vagner Ismael Bento. “Vim doar para uma tia. Mas já vim aqui outras dez vezes, pelo menos”, disse. “Sou doador frequente e fico atento às notícias sobre a falta de sangue no Hemocentro para poder ajudar. Eu dôo em prol da vida”.

Ao seu lado, a prima, a operadora da caixa Gislaine Carril Castanheira, também mostrava entusiasmo com a doação, registrando a apresentação da banda da Brigada e tirando fotos com os militares e o Hemotchê. “Vim doar para a minha mãe, que está na UTI do Hospital do Exército. Mas eu adorei estar aqui hoje. Me senti muito bem”.

• Clique aqui e veja endereços de onde doar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias