RD Online
Quarta, 18 de Maio de 2022
10°

Chuva

Redentora - RS

Entretenimento QUASE FICOU POBRE

Com queda do Facebook, Whatsapp e Instagram, Mark Zuckerberg perde U$ 6 bilhões em 6 horas

04/10/2021 às 20h01
Por: Depto de Jornalismo . Fonte: Revista Veja
Compartilhe:
O bilionário Mark Zuckerberg, fundador do Facebook. Anthony Quintano | Honolulu - HI, USA/Reprodução Leia mais em: https://veja.abril.com.br/tecnologia/com-queda-do-facebook-mark-zuckerberg-perde-u-6-bilhoes-em-horas/
O bilionário Mark Zuckerberg, fundador do Facebook. Anthony Quintano | Honolulu - HI, USA/Reprodução Leia mais em: https://veja.abril.com.br/tecnologia/com-queda-do-facebook-mark-zuckerberg-perde-u-6-bilhoes-em-horas/

Nesta segunda-feira (4), as redes sociais Facebook, Instagram e WhatsApp apresentaram problemas pelo mundo inteiro. Além disso, uma grande venda das ações do Facebook fizeram com que seu valor caísse quase 5% no dia de hoje.

Como resultado, o bilionário Mark Zuckerberg, dono das marcas, perdeu cerca de 6 bilhões de dólares em apenas algumas horas, de acordo com a Bloomberg. O prejuízo fez com que Zuckerberg caísse no ranking dos mais ricos do mundo, ocupando agora o quinto lugar, com pouco mais de 120 bilhões de dólares, diretamente atrás de Bill Gates. As informações são do Bloomberg Billionaires Index.

A queda no patrimônio do empresário não é de agora. Em setembro, o jornal The Wall Street Journal publicou uma série de reportagens que também foi bastante negativa para Mark Zuckerberg. Segundo o veículo, o Facebook estava ciente de diversos problemas presentes em suas plataformas, como o dano à saúde mental de adolescentes e a disseminação de informações falsas.

Assim, desde meados do mês passado, as ações do Facebook foram desvalorizadas em aproximadamente 15%. O impacto total na fortuna de Zuckerberg foi de cerca de 20 bilhões de dólares. Agora, a ocorrência de falhas na conexão às redes sociais aprofundaram ainda mais o prejuízo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias