RD Online
Terça, 26 de Outubro de 2021
27°

Poucas nuvens

Redentora - RS

Previsão do Tempo PREVISÃO DO TEMPO

Previsão do Tempo: Frente quente trará muita chuva e temporais entre o Rio Grande do Sul e o Uruguai - RD Foco

Frente quente começa a se formar hoje e instabilidade aumenta amanhã com chuva intensa, muitos raios e granizo

19/09/2021 às 17h43
Por: Depto de Jornalismo Fonte: Estael Sias/MetSul
Compartilhe:
Foto: RD Foco
Foto: RD Foco

Uma frente quente vai trazer muita chuva, grande quantidade de raios e alto risco de granizo neste começo de semana entre o Uruguai e o Rio Grande do Sul. Os volumes de chuva devem ser excessivamente altos numa faixa entre os territórios uruguaio e gaúchos com potencial para causar alagamentos e inundações em áreas urbanas e rurais já castigadas por eventos de chuva volumosa nas últimas semanas. Alertas já foram emitidos pelo Inumet, a Meteorologia oficial do Uruguai.

Ar muito quente está ingressando a partir de Noroeste e do Norte do Rio Grande do Sul e pelo Nordeste da Argentina. A temperatura ao meio-dia deste domingo era de 35ºC em Assunção, no Paraguai. Já no Noroeste gaúcho, ao meio-dia, os termômetros indicavam 33ºC em Santa Rosa. Fazia 34ºC em São Miguel do Oeste e 35ºC em Maravilha, no horário, no Oeste de Santa Catarina, de acordo com o Ciram. No Paranã, Marechal Cândido Rondon estava com 36ºC na estação do Instituto Nacional de Meteorologia.

O ar muito quente ao avançar sobre ar mais frio ao Sul organiza uma frente quente sobre o Uruguai e parte do Rio Grande do Sul da tarde para a noite deste domingo e nas primeiras horas da segunda-feira. O avanço do ar quente forma áreas de instabilidade que se deslocam de Oeste para Leste no estado gaúcho com pancadas isoladas de chuva e risco de granizo muito localizado, risco que se estende na segunda metade deste domingo ao Leste de Santa Catarina e do Paraná.

Na noite deste domingo e durante a madrugada da segunda-feira, a instabilidade aumentará demais sobre o Uruguai e parte do Oeste e no Sul gaúcho com nuvens muito carregadas que vão provocar chuva localmente forte a torrencial com altos volumes em curto período que podem chegar a 50 mm ou mais por hora em alguns pontos, além de muitos raios e altíssimo risco de granizo isolado.

No decorrer da segunda-feira, o sol aparece com nuvens e faz muito calor na Metade Norte do Rio Grande do Sul, mas na fronteira com o Uruguai, no Sul gaúcho e parte do Leste do Estado haverá mais nuvens com chuva, raios e granizo isolado. A temperatura na tarde da segunda pode chegar a marcas entre 35ºC e 37ºC no Noroeste gaúcho e de 31ºC a 33ºC no Planalto Médio e no Alto Uruguai. Mesmo na Serra Gaúcha, as máximas do feriado podem ficar perto dos 30ºC em alguns pontos.

O ar por demais quente garantirá energia para a formação de nuvens de tempestades sobre o Uruguai e o Sul gaúcho com elevada probabilidade de granizo, que pode ter tamanho médio a grande em alguns pontos, e ainda uma grande quantidade de raios. O mapa abaixo mostra a projeção de raios do modelo europeu para a segunda-feira no Rio Grande do Sul em que se observa a tendência de alta densidade de descargas atmosféricas no Sul e em parte do Leste gaúcho.

Áreas de chuva muito intensa devem migrar do Uruguai para o Sul gaúcho na madrugada e na manhã desta segunda com muitos raios e granizo. Cidades como Jaguarão, Arroio Grande, Chuí, Santa Vitória do Palmar, Pelotas, Rio Grande e municípios próximos têm alto risco de chuva intensa e volumosa com possibilidade de temporais. Os acumulados em alguns pontos devem ficar perto ou passar dos 100 mm.

No Sul gaúcho, a chuva mais intensa se daria entre a área de Jaguarão e da reserva ecológica do Taim (Curral Alto), em Santa Vitória do Palmar, na área entre o Chuí e Pelotas.

Na maior parte das demais regiões gaúchas, ou choverá pouco ou nada nesta segunda-feira na atuação da frente quente, prevalecendo ao contrário o sol e o calor. Como frentes quentes se recurvam em forma de “U”, a instabilidade do Sul deve progredir no decorrer do dia para áreas mais ao Norte do Leste gaúcho como a região de Porto Alegre e da Serra, talvez atingindo isoladamente alguns locais do Centro gaúcho.

Por isso, Porto Alegre deve ter períodos de sol e calor com muito abafamento no período, mas também momentos de chuva e raios com risco de granizo isolado na região. Pancadas por vezes fortes a torrenciais podem ocorrer. Assim, o feriado na Capital e Grande Porto Alegre não terá uma condição definida de sol ou chuva, mas uma variabilidade grande das condições atmosféricas no decorrer do dia com abafamento, sol, chuva e raios.

A frente se converte em fria na sequência à medida que passa a ser impulsionada por uma massa de ar frio e deve trazer chuva e risco de temporais isolados para Metade Norte gaúcha e pontos de Santa Catarina no final da segunda e na terça, mas desde já se antecipa que a frente fria terá pouca atividade e será desorganizada, não se esperando altos volumes no seu deslocamento.

A chuva, a propósito, deve ser muito irregular com esta frente entre o Centro e o Norte gaúcho, além de Santa Catarina. No Paraná, então, a influência desta frente será ainda menor com pouco ou nada de chuva na maioria das cidades.

*Estael Sias/MetSul

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias