RD Online
UNOPAR VESTIBULAR
Anúncio Rádio RD Online
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Farmácia Santa Inês Rede Associadas
C-TEC REDENTORA
Casa Nova de Redentora
JP Celulares Redentora
RD ANÚNCIO G
Cotricampo
Clean Lar
UNOPAR INFE
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
Banner Site
Lemarco
Via Tec telecom
Cervejaria da Praça
Laboratório Santo Antônio Análises Clínicas de Coronel Bicaco
Physical Life Stúdio de Musculação
Santos Monitoramento
Mecânica e Auto Elétrica Pampa

A trágica morte de menino ciclista cuja foto às lagrimas rodou o mundo

21/07/2021 09h57
Por: Depto de Jornalismo .
Fonte: BBC
Foto de garoto às lágrimas teve grande repercussão em 2019 - GETTY IMAGES
Foto de garoto às lágrimas teve grande repercussão em 2019 - GETTY IMAGES

Em 2019, o rosto do garoto colombiano rodou o mundo, quando ele chorou de emoção ao ver Egan Bernal se tornar o primeiro colombiano a vencer o Tour de France, uma competição de ciclismo realizada na França.

"Foi uma grande emoção vê-lo. É o nosso ídolo", disse Julián na época. "Foi uma emoção vê-lo porque também ando de bicicleta e quero ser como ele", acrescentou o garoto.

O sonho do menino acabou quando um caminhão de grande porte atropelou o adolescente, que estava com 13 anos, em uma estrada no norte de Bogotá, na Colômbia, enquanto treinava com o tio no domingo, 18.

"Hoje você vai embora sem poder cumprir os sonhos que tinha", tuitou o treinador Fabio Rodríguez, que era técnico da equipe que o jovem participava. "Me parte o coração a sua partida antecipada, só me resta dizer que vou sentir a sua falta para sempre, meu querido Julián", completou Rodríguez.

O que aconteceu?

O tio de Gómez, Guillermo Caicedo, explicou à mídia colombiana que ele e o sobrinho estavam treinando em suas bicicletas quando ocorreu o acidente no departamento de Cundinamarca, ao norte de Bogotá.

Eles estavam rodando por uma estrada entre os municípios de Zipaquirá e Cajicá, e aparentemente um caminhão os seguia.

"O motorista era uma pessoa intolerante. (Estava) nos perseguindo com a buzina, se aproximando demais de nós, de tal forma que o menino ficou muito mais nervoso do que eu", explicou Caicedo ao jornal El Tiempo.

"Ele perdeu o equilíbrio e caiu entre as rodas do veículo, morrendo instantaneamente", acrescentou.

Ao ver o ocorrido, o motorista — cuja identidade não foi divulgada — saiu do veículo e os repreendeu por dirigirem na estrada, em vez da ciclovia localizada na beira da estrada.

Caicedo explicou à imprensa que Julián era "um ciclista de alto rendimento", por isso nos treinos tinha que circular a velocidades mais altas, que não poderiam ser alcançadas em ciclovias.

"As ciclovias não são adequadas para essas velocidades. As pessoas andam nas ciclovias levando o cachorro para passear, em bicicletas macias. Não se pode fazer ciclismo competitivo em ciclovias", declarou.

"Temos que usar as estradas e sobre os motoristas... há muitos que ficam bravos ao ver os ciclistas e deixam o carro a 50 centímetros de uma bicicleta. Todos os dias corremos perigo andando de bicicleta".

O motorista do caminhão foi detido por uma possível acusação de homicídio culposo, mas foi solto enquanto as investigações continuam.

'Ele tinha o sonho de ser um grande esportista'

Caicedo disse que ele e o sobrinho se tornaram amigos muito próximos por meio do ciclismo.

"Queria que ele realizasse seus sonhos. Ele me perguntava coisas sobre o ciclismo, eu o ensinava. Nos divertimos muito. Assim estávamos ontem, quando ocorreu o acidente", disse.

"Ele era uma criança que tinha o sonho de ser um grande esportista. E tinha tudo para ser", declarou o parente do garoto.

No município natal de Egan Bernal, Zipaquirá, os artistas Emerson Cáceres "Cacerolo" e Luis Carlos Cifuentes pintaram um mural em 2019 após a vitória do ciclista colombiano. O pequeno Julián Esteban Gómez aparece ao lado, chorando de alegria.

"Voa alto, pequeno amigo", escreveu Cifuentes ao compartilhar, no domingo, um vídeo da época em que concluíram o mural.

O presidente da Colômbia, Iván Duque, também lamentou a morte do garoto. "Acompanhamos os seus familiares em oração e enviamos uma mensagem de solidariedade", escreveu em seu Twitter.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.