RD Online
Estofaria e Vidraçaria Fanezzi
Banner Site
Lemarco
Decorações, Festas e Eventos Arco-Íris
Via Tec telecom
UNOPAR INFE
Zé Automóveis Multimarcas
ASM Oficina de Música
Farmácia Santa Inês Rede Associadas
Casa Nova de Redentora
Cotricampo
RD ANÚNCIO G
UNOPAR VESTIBULAR
Santos Monitoramento
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
C-TEC REDENTORA
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Auto Posto Gemelli
Barbearia e Lancheria Stein
Mecânica e Auto Elétrica Pampa
Laboratório Santo Antônio Análises Clínicas de Coronel Bicaco
JP Celulares Redentora
Anúncio Rádio RD Online
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Cervejaria da Praça
Jucerlei Dutra Advocacia

Vítimas perdem mais de R$ 50 mil para os estelionatários no oeste catarinense; três golpistas foram presos

08/04/2021 10h49
Por: Depto de Jornalismo .
Fonte: Portal Peperi
Foto: Cristian Lösch / Portal Peperi
Foto: Cristian Lösch / Portal Peperi

Na tarde de quarta-feira, 7, a Polícia Militar de São Miguel do Oeste prendeu três pessoas pela prática do crime de estelionato, além de realizar a apreensão de 13 maquinas de cartão de crédito, 16 cartões de prováveis vítimas, uma quantia em dinheiro, três celulares e uma porção de maconha.

A Polícia Militar recebeu, por meio da Rede de Vizinhos, informações de que uma pessoa havia entregado o cartão do banco para supostos funcionários após receber uma ligação que de alguém que se identificou como representante do banco, informando que o cartão da vítima havia sido clonado e utilizado para efetuar compras, alegando ainda que para regularizar a situação, um funcionário do banco buscaria o cartão na residência da vítima e seria necessário fornecer a senha.

As vítimas, que até o momento registraram ocorrência, perceberam que houve saques, transferências e compras com o cartão. Uma das vítimas reportou prejuízo de R$ 30 mil, outra reportou prejuízo de R$ 5 mil e uma terceira vítima o valor de R$ 18 mil. Ainda se apura a possibilidade de haver mais vítimas.

De posse das informações repassadas pela comunidade, a Polícia Militar passou a realizar diligências que culminaram na abordagem do veículo usado pelos golpistas, bem como na prisão de três pessoas e na apreensão de materiais utilizados para a prática do crime.

As pessoas presas, dois homens e uma mulher, confessaram a autoria do crime e relataram que fazem parte de uma quadrilha de São Paulo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.