RD Online
Santos Monitoramento
Farmácia Santa Inês Rede Associadas
Anúncio Rádio RD Online
Banner Site
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
C-TEC REDENTORA
RD ANÚNCIO G
JP Celulares Redentora
ASM Oficina de Música
Casa Nova de Redentora
Cotricampo
Zé Automóveis Multimarcas
Decorações, Festas e Eventos Arco-Íris
UNOPAR VESTIBULAR
Jucerlei Dutra Advocacia
Cervejaria da Praça
UNOPAR INFE
Via Tec telecom
Mecânica e Auto Elétrica Pampa
Barbearia e Lancheria Stein
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
Lemarco
Laboratório Santo Antônio Análises Clínicas de Coronel Bicaco
Estofaria e Vidraçaria Fanezzi
Auto Posto Gemelli

Butantan confirma suspensão de produção da Coronavac, mas mantém cronograma de entregas

08/04/2021 09h44
Por: Depto de Jornalismo .
Fonte: R7
Foto: RD Foco
Foto: RD Foco

O Instituto Butantan afirmou, nesta quarta-feira, em nota oficial, que a falta de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) nesta semana não vai afetar a produção da vacina CoronaVac, garantindo assim o cronograma de entrega de 46 milhões de doses do imunizante ao governo federal até o final de abril. Em sua nota, o instituto explica que envasou todas as doses com o IFA que tinha disponível. Agora, o Butantan aguarda a chegada de uma nova carga da matéria-prima vinda da China e que tem previsão de chegar ao Brasil na próxima semana para retomar a produção.

Desde janeiro o Butantan já entregou 38,2 milhões de doses da vacina ao país. O total corresponde a 83% das 46 milhões de doses acordadas até 30 de abril com o Ministério da Saúde. Em março foram disponibilizadas 22,7 milhões de doses, em fevereiro, 4,85 milhões e, em janeiro, 8,7 milhões de unidades.

O Butantan ainda trabalha para entregar outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros até o dia 30 de agosto, totalizando 100 milhões de unidades. Atualmente, 85% das vacinas disponíveis no país contra a covid-19 são do Butantan.

Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes nesta quarta, o presidente do Butantan, Dimas Covas, disse que o instituto já tem a estrutura pronta para entrega mais 3,4 milhões de doses. "Aguardamos a chegada de mais matéria-prima da China nos próximos dias para iniciar a fase final deste contrato de 46 milhões e já iniciar o outro contrato de 54 milhões", disse Covas.

"Estamos aguardando a chegada de 6 mil litros (de IFA) que originarão 10 milhões de doses de vacina. É importante mencionar que essa chegada estava prevista para esta semana, houve um atraso e nós estamos aguardando para a próxima semana."

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.