RD Online
ZÉ AUTOMÓVEIS
Joalheria, Floricultura e Casa das Linhas Pereira
Casa Nova de Redentora
Ceducar Centro Educacional Carla Renati Andriguetto
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
UNOPAR INFE
JP Celulares Redentora
CENTER MÓVEIS REDENTORA
Cervejaria da Praça
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Banner Site
ASM Oficina de Música
Auto Posto Gemelli
Jocelia Borges
C-TEC REDENTORA
RD ANÚNCIO G
Anúncio Rádio RD Online
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
Lancheria e Barbearia Stein
Estofaria e Vidraçaria Fanezzi
Via Tec telecom
Decorações, Festas e Eventos Arco-Íris
Lemarco
Mecânica e Auto Elétrica Pampa
Cotricampo
UNOPAR VESTIBULAR

Procuradoria Geral suspende professora que proferiu discursos de ódio em redes sociais no RS

22/02/2021 15h45
Por: Depto de Jornalismo .
Fonte: Portal Leouve
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

No mês de dezembro de 2020, a professora concursada pelo município de Caxias do Sul, Monique Varela Ermer causou revolta em grande parte da população ao desferir discursos de ódio pelas redes sociais. Em vídeo e áudios que circulavam na internet ela ofendeu os caxienses devido a escolha do prefeito eleito, Adiló Didomênico, do PSDB, que venceu Pepe Vargas, do PT, além de fazer menções sobre as mortes ocorridas por Covid-19 e revelar que incitava seus alunos a atos de vandalismo.

Por conta destes discursos, a Procuradoria Geral do Município (PGM) postou no Diário Oficial desta segunda-feira (22), uma portaria suspendendo preventivamente a servidora. O texto diz:

"ADRIANO TACCA, PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE CAXIAS DO SUL, usando das atribuições que lhe são conferidas pelo Decreto nº 20.142, de 22 de abril de 2019, SUSPENDE preventivamente o(a) servidor(a) MONIQUE VARELLA EMER, matr. 30632, lotado(a) na SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO, no período de 20 de fevereiro de 2021 a 21 de março de 2021, num total de trinta (30) dias, conforme o disposto nos artigos 272, 273 e 274 da Lei Complementar nº 3.673/91 - Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Caxias do Sul. (Processo nº 2020/044613)"

Esta portaria suspende o salário e o tempo de contribuição desta servidora pelo tempo descrito ali. O caso seguirá sendo investigado pelos órgãos competentes do Executivo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.