RD Online
Gordelícias
Cervejaria da Praça
Ceducar Centro Educacional Carla Renati Andriguetto
ZÉ AUTOMÓVEIS
Rafa Instalações
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
C-TEC REDENTORA
Banner Site
Casa Nova de Redentora
Auto Posto Gemelli
CENTER MÓVEIS REDENTORA
JP Celulares Redentora
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Lemarco
Mecânica e Auto Elétrica Pampa
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
Sicredi
UNOPAR INFE
UNOPAR VESTIBULAR
Cotricampo
Anúncio Rádio RD Online
Via Tec telecom
BUDDY VALASTRO

Após acidente, Buddy Valastro, de "Cake Boss", diz que pode nunca mais voltar à confeitaria

Chef de 43 anos passou por três cirurgias na mão

21/11/2020 09h27
Por: Depto de Jornalismo
Fonte: Gaúcha ZH
Buddy Valastro se acidentou em setembro e teve que passar por três cirurgias na mão - Foto:Reprodução / Instagram
Buddy Valastro se acidentou em setembro e teve que passar por três cirurgias na mão - Foto:Reprodução / Instagram

O confeiteiro Buddy Valastro, chef do reality Cake Boss, disse que corre o risco de nunca mais voltar à cozinha depois de ter sofrido um acidente na mão. Ele se machucou em setembro, enquanto arrumava um armador de pinos de boliche, e teve de passar por três cirurgias.

Em entrevista ao Entertainment Tonight, Valastro disse que está se sentindo bem e com ânimo, mas que tenta ser realista em relação ao seu futuro na cozinha.

— Eu não sei o quanto vou ser capaz (de voltar a fazer bolos). Mas posso garantir: se eu tiver de virar canhoto ou trabalhar em 30%, eu vou tentar fazer isso com todo o meu coração. Eu simplesmente não sei — disse. 

Ele diz que a mão ainda está bastante "rígida" e que o inchaço pode levar um ano para diminuir, dependendo dos resultados que ele obter com a fisioterapia. Ele acredita que fará ainda mais duas cirurgias.

— Eu estou provavelmente em 10% a 15% da força que tinha. É uma questão de tempo para saber o que voltará com os nervos... E os nervos foram muito prejudicados. Meus dedos estão dormentes no meio. Eles sempre vão ficar dormentes e rígidos...

Apesar das dificuldades com a mão direita, o confeiteiro de 43 anos disse que pretende trabalhar com a mão esquerda, descartando a ideia de trabalhar apenas como orientador em Cake Boss.

Por Gaúcha ZH

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.