RD Online
C-TEC REDENTORA
Cotricampo
CENTER MÓVEIS REDENTORA
Gordelícias
Via Tec telecom
Auto Posto Gemelli
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
ZÉ AUTOMÓVEIS
Lemarco
Banner Site
Mecânica e Auto Elétrica Pampa
Casa Nova de Redentora
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Anúncio Rádio RD Online
Sicredi
UNOPAR INFE
Rafa Instalações
Cervejaria da Praça
JP Celulares Redentora
UNOPAR VESTIBULAR
Ceducar Centro Educacional Carla Renati Andriguetto

Veja vídeo; Jacarés se amontoam em açude e gado passa fome no Pantanal

20/11/2020 10h40
Por: Depto de Jornalismo .
Fonte: Canal Rural
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Pantanal brasileiro vive um momento bastante delicado por conta da forte estiagem. Algumas áreas, continuam com chuva abaixo da média. Falta água para o gado beber e o pasto também diminuiu.

Em vídeo que circula nas redes sociais, um produtor rural mostra uma cena impressionante: dezenas de jacarés se amontando em um açude quase seco. A poucos metros, o gado muge de fome.

Segundo o pantaneiro, que não se identifica no vídeo, tratava-se do último açude da fazenda Palmeirinha, na região de Nhecolândia. “Está preocupante aqui. Estamos aguardando, mas nada da chuva. Deus sabe o que faz”, diz o produtor, com a voz embargada pela situação.

O cenário é desolador, pois são centenas de jacarés que lutam pela sobrevivência com a falta de água e alimento em um dos açudes da região, que é a extensão de um dos principais rios da área,  o Taquari,  duramente castigado pela estiagem prolongada.

“Eu moro aqui a cinquenta anos e nunca vi uma coisa dessas, olha só a tragédia que está acontecendo aqui, o rio Taquari deixou de existir aqui na nossa região. Ele que alimentava e banhava toda essa região aqui, agora fica essa mortandade de jacarés, capivaras, todo tipo de animais mortos, morrendo a míngua sem poder se alimentar, sem poder beber água”, contou o prestador de serviços Márcio Avellar.

Márcio tem uma pequena propriedade na região, com um rebanho de 50 cabeças que também sofrem as consequências da falta de água e alimentos. O pantaneiro afirma que só não perdeu animais porque conseguiu construir poços semi-artesianos antes da seca. Agora, faz uma força-tarefa para tentar salvar os animais selvagens represados nas poças de lama.

“Está sendo construído um poço semi-artesiano para alimentar esse açude aqui, mas a respeito a esses animais a gente pouco vai poder fazer. Infelizmente, a consequência disso aqui é a extinção do rio Taquari que alaga e banhava toda essa região e eu acredito que tenha uns 3 a 4 mil jacarés aqui, são várias camadas e eles estão debilitados que não oferecem risco nenhum”, contou.

Veja o vídeo:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.