RD Online
UNOPAR VESTIBULAR
Anúncio Rádio RD Online
Cotricampo
Sicredi
CENTER MÓVEIS REDENTORA
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
C-TEC REDENTORA
Gordelícias
Mecânica e Auto Elétrica Pampa
Cervejaria da Praça
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
Banner Site
Rafa Instalações
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
UNOPAR INFE
Casa Nova de Redentora
JP Celulares Redentora
Auto Posto Gemelli
ZÉ AUTOMÓVEIS
Lemarco
Ceducar Centro Educacional Carla Renati Andriguetto
Via Tec telecom

Menina apaga vela da irmã caçula e dá início a uma treta que ganhou a internet

Madrinha da aniversariante contou que a briga foi causada porque uma estava com ciúmes do aniversário da outra

21/10/2020 09h51
Por: Depto de Jornalismo .
Fonte: Com informações do Virgula e G1
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A festinha de aniversário de três anos de Maria Eduarda teve decoração inspirada nas princesas da Disney, bolo, docinhos, deboche e muita treta. Essa combinação de elementos fez a comemoração viralizar nas redes sociais.

No vídeo, Maria Antonia, a irmã mais velha da aniversariante de Pato Branco (PR) não parece nada animada para cantar “Parabéns” para a caçula. Então, no meio da celebração, ela apaga a vela do bolo, faz uma cara de deboche e Maria Eduarda, nada contente, parte para cima da menina.

No decorrer da gravação, Maria Antonia apanha da irmã mais nova, mas continua sorrindo, pleníssima, enquanto a caçula chora e tenta se vingar. A sequência fez a dupla ser comparada a Paola Bracho e Paulina, as gêmeas da icônica novela “A Usurpadora”.

No Instagram, a madrinha da aniversariante contou que a briga foi causada porque “uma estava com ciúmes do aniversário da outra”.

"Foi uma briga de criança e típica de irmãos", disse a madrinha das duas meninas, Gabriela Aureluk. Segundo ela, depois do ocorrido, Maria Antonia ficou constrangida e saiu chorando. "Nós conversamos com as duas, convencemos ela a voltar para a festa, as duas fizeram as pazes e ficou tudo bem", detalhou a madrinha.

A mãe das meninas, Marines dos Santos Fernandes, de 43 anos, contou que após o ocorrido, assim como a madrinha, também conversou bastante com as meninas e elas se entenderam. "Tanto que a Maria Eduarda deu o primeiro pedaço de bolo para a irmã e as duas brincaram a festa toda", relatou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.