RD Online
UNOPAR INFE
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
JP Celulares Redentora
C-TEC REDENTORA
UNOPAR VESTIBULAR
Gordelícias
ZÉ AUTOMÓVEIS
Cotricampo
Anúncio Rádio RD Online
Rafa Instalações
CENTER MÓVEIS REDENTORA
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Auto Posto Gemelli
Lemarco
Cervejaria da Praça
Via Tec telecom
Casa Nova de Redentora
Ceducar Centro Educacional Carla Renati Andriguetto
Banner Site
Mecânica e Auto Elétrica Pampa
Sicredi
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA

Associação acredita na retomada da Cotrijuí

Grupo analisa maneiras para viabilizar a revitalização da cooperativa

16/10/2020 09h52
Por: Depto de Jornalismo .
Fonte: Clic Portela
No dia 09 de outubro, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul decidiu pela suspensão do processo de liquidação da Cotrijuí (Foto: Diones Roberto Becker)
No dia 09 de outubro, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul decidiu pela suspensão do processo de liquidação da Cotrijuí (Foto: Diones Roberto Becker)

Nesta semana, na sede da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Ijuí, a diretoria da Associação dos Sócios, Credores e Vinculados Diretos e Indiretos da Cotrijuí (ASCREDI) concedeu entrevista coletiva para esclarecer a atual situação da cooperativa, que já foi considerada a maior da América Latina.

O presidente da ASCREDI, Oswaldo Olmiro Meotti, revelou que após longo estudo e análise do processo envolvendo a Cotrijuí, foi constatado que há um crédito de aproximadamente R$ 2 bilhões que ainda não é atrelado ao atual quadro de liquidação judicial.

O dirigente também afirmou que a cooperativa dispõe de um significativo valor em patrimônio, em muitos municípios, além de dez áreas rurais que deverão passar por apuração. — Entendemos que isso está sendo incluído no processo para a possível retomada da Cotrijuí — frisou Oswaldo Olmiro Meotti.

O presidente da ASCREDI ainda reiterou que, no decorrer das próximas semanas, serão promovidas reuniões com os associados em todas as localidades dentro da área de atuação da cooperativa. Segundo ele, o intuito é esclarecer a real situação e mostrar que existem maneiras de retomar as atividades da empresa.

Alfonso Conrad, que desempenha a função de contador na ASCREDI, disse que já foi realizado uma avaliação de todos os dados que constam no processo de liquidação judicial. — Há uma grande expectativa para a retomada da Cotrijuí — salienta Alfonso Conrad.

No dia 09 de outubro, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) decidiu pela suspensão do processo de liquidação da cooperativa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias