RD Online

WhatsApp

55996230597 -- 55999899863 -- 55997318413

CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
UNOPAR VESTIBULAR
Cotricampo
Cervejaria da Praça
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Mecânica e Auto Elétrica Pampa
Anúncio Rádio RD Online
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
Gordelícias
Rafa Instalações
Banner Site
Lemarco
JP Celulares Redentora
Sicredi
Ceducar Centro Educacional Carla Renati Andriguetto
UNOPAR INFE
Via Tec telecom
Casa Nova de Redentora
ZÉ AUTOMÓVEIS
Auto Posto Gemelli
CENTER MÓVEIS REDENTORA
C-TEC REDENTORA
INVESTIGAÇÃO

PF faz operação para coibir crimes eleitorais no norte e no noroeste do RS

Documentos falsos foram usados para inscrição irregular de eleitores em Lajeado do Bugre

14/10/2020 16h29
Por: Depto de Jornalismo
Fonte: Gaúcha ZH/Cid Martins
Policiais federais cumpriram sete mandados de busca relativos a eleitores inscritos irregularmente em Lajeado do Bugre - Foto:PF / Divulgação
Policiais federais cumpriram sete mandados de busca relativos a eleitores inscritos irregularmente em Lajeado do Bugre - Foto:PF / Divulgação

A Polícia Federal (PF) realizou uma ação no Rio Grande do Sul, nesta quarta-feira (14), para coibir crimes eleitorais. Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão em comitês eleitorais e em residências de políticos em Panambi, no noroeste, e em Boa Vista das Missões, no norte do Estado.

Conforme a investigação, pelo menos oito pessoas usaram documentos falsos para transferir seus títulos eleitorais para o município de Lajeado do Bugre, também no Norte, configurando inscrição irregular de eleitores. 

De acordo com o delegado Sandro Bernardi, da PF de Passo Fundo, são oito casos suspeitos e todos as pessoas que usaram os documentos falsificados, principalmente contas de luz, serão responsabilizadas. Mas o motivo da ação desta quarta-feira foi apreender celulares e demais comprovantes em dois comitês eleitorais e nas casas de seis dirigentes políticos. 

— A investigação continua, primeiro em função dos eleitores que já identificamos e, segundo, para ver se tem mais pessoas transferindo seus títulos desta forma irregular. Em pequenos municípios, poucos votos podem mudar uma eleição, principalmente para vereador — diz Bernardi.  

Lajeado do Bugre, que fica próximo de Palmeira das Missões, tem 2,5 mil habitantes e teve 1.788 eleitores no último pleito.

A ação coibida pela PF consta no artigo 348 do Código Eleitoral. Os mandados foram determinados pela Justiça Eleitoral em uma ação movida pelo Ministério Público Eleitoral.

Por Gaúcha ZH

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias