RD Online

WhatsApp

55996230597 -- 55999899863 -- 55997318413

Lemarco
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Gráfica Modelo
ZÉ AUTOMÓVEIS
Mecânica e Auto Elétrica do Betinho
JP Celulares Redentora
Macali Brasil
UNOPAR VESTIBULAR
Auto Posto Gemelli
C-TEC REDENTORA
Ellas Engenharia
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Casa Nova de Redentora
Via Tec telecom
CENTER MÓVEIS REDENTORA
TÁXI REDENTORA
UNOPAR INFE
Cervejaria da Praça
Ceducar Centro Educacional Carla Renati Andriguetto
Gordelícias
Banner Site
Rafa Instalações
Cotricampo
Anúncio Rádio RD Online
LIBERTADORES

Inter vence o América de Cali-COL no Beira-Rio

Com o resultado, o Inter chega a sete pontos e lidera a chave E.

16/09/2020 22h56
Por: Depto de Jornalismo
Fonte: Internacional Site Oficial
Foto: Ricardo Duarte/ Internacional
Foto: Ricardo Duarte/ Internacional

VITÓRIA COLORADA! Em jogo de dois tempos distintos, o Inter marcou no último minuto regulamentar e superou o América de Cali-COL, por 4 a 3, no Beira-Rio. Válido pela terceira e última rodada do primeiro turno da fase de grupos, o confronto, iniciado às 19h15, teve Abel Hernández e Boschilia como artilheiros colorados, dois gols para cada. Com o resultado, o Inter chega a sete pontos e lidera a chave E.

Etapa inicial quase perfeita

Bem-vindo, artilheiro Abel Hernández! O uruguaio debutou profissionalmente na Libertadores da América nesta quarta-feira, e precisou de apenas 44 segundos para abrir o placar para o Internacional, concluindo exuberante trama de Rodrigo Lindoso e Uendel. O tento, mais rápido da história do Inter na principal competição de clubes da América, representou com perfeição o início avassalador do time de Coudet, que ampliou, aos 18, com Boschilia, servido pelo charrua companheiro.

Como um Rolo Compressor, o Internacional seguiu empilhando oportunidades após abrir vantagem de dois gols no escore. Apesar da pressão colorada, porém, foi dos visitantes o terceiro gol marcado nesta noite no Beira-Rio. Vergara descontou aos 27, mas pouco pôde comemorar, afinal de contas, Abel, de novo ele, voltou a balançar as redes colombianas. De cabeça, o uruguaio pegou rebote de testaço de Lindoso, que explodira no travessão, e completou para a meta aberta, dando números finais para o primeiro tempo: Inter 3 a 1.

Tensão na etapa final

O América de Cali descontou assim que reiniciado o confronto. Adrián Ramos, centroavante de passagens pelo futebol europeu, marcou para os visitantes logo aos três, definindo a característica mais marcante da etapa final: a tensão. Poucas foram as oportunidades criadas pelas duas equipes até a casa dos 20 minutos, quando o Inter chegou perto de ampliar em falta cobrada por Leandro Fernández. A resposta visitante chegou aos 32, instante em que Moreno empatou.

Restou ao Inter, por óbvio, adotar postura ainda mais ofensiva, evidenciada na entrada de D’Alessandro no lugar de Lindoso. Dos pés do camisa 10 alvirrubro surgiu, aos 46, jogada finalizada por Boschilia. Testando cardíacos, o camisa 21 arrematou de fora da área, a bola desviou na zaga rival e tomou como endereço o contrapé de Chaux que, plantado no chão, assistiu ao quarto e último gol colorado na noite.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias