RD Online
UNOPAR VESTIBULAR
Mecânica e Auto Elétrica Pampa
Cotricampo
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Joalheria, Floricultura e Casa das Linhas Pereira
CENTER MÓVEIS REDENTORA
Lancheria e Barbearia Stein
Ceducar Centro Educacional Carla Renati Andriguetto
JP Celulares Redentora
Cervejaria da Praça
Via Tec telecom
Anúncio Rádio RD Online
Auto Posto Gemelli
ZÉ AUTOMÓVEIS
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
UNOPAR INFE
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Casa Nova de Redentora
C-TEC REDENTORA
Banner Site
RD ANÚNCIO G
Estofaria e Vidraçaria Fanezzi
Lemarco

Menino baleado na cabeça em Passo Fundo apresenta melhoras e é considerado “milagre”

15/09/2020 17h20
Por: Depto de Jornalismo .
Fonte: Rádio Uirapuru
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O menino Erick Boeira de 1 ano e 9 meses, atingido na cabeça por uma bala perdida segue internado no Hospital São Vicente de Paulo em Passo Fundo. Erick estava a junto com os pais, o tio e um irmão dentro do automóvel da família quando o veículo foi atingido por um disparo de arma de fogo que acertou o menino no lado direito da cabeça, atrás do ouvido.

A noite de sexta-feira, 21 de agosto, jamais será apagada da memória da família que viveu momentos de incerteza e angústia. Após ser baleado Erick Boeira foi levado as pressas para o hospital de Clínicas em Passo Fundo onde recebeu os primeiros atendimentos e depois foi transferido para o Hospital São Vicente de Paulo, onde se recupera dos ferimentos sofridos.

A família de Erick Boeira, formada em sua maioria por evangélicos, fez uma corrente de oração em frente ao hospital e em meio a lágrimas, clamavam pela recuperação da criança. Quase um mês após o fato, Erick é considerado um milagre pela família e pela equipe que cuida da saúde do garoto.

A criança já passou por duas cirurgias e permanece internada em um leito hospitalar na ala pediátrica do HSVP. Na última semana Erick passou a se alimentar com papinha e já balbucia as primeiras palavras. Ele ainda tem dificuldade para mexer parte do corpo, mas reconhece os familiares e pergunta pelo irmão mais velho.

Os médicos que atenderam a criança optaram por não retirar o projétil que está alojado no cérebro do menino temendo que o quadro pudesse piorar. Os médicos acreditam que a criança possa ficar com sequelas, mas em alguns casos, crianças se recuperam de forma surpreendente.

A investigação

O homem que assumiu ter feito o disparo em via pública, direcionado a um desafeto, mas que atingiu o carro e o menino, se apresentou à Polícia Civil no dia 26. O suspeito foi identificado como Tailor Rodrigues Fortes, de 32 anos, foi preso preventivamente pelo crime. Tailor já possui diversas passagens pela polícia por tráfico de drogas e homicídios.

O atirador alegou legítima defesa para disparar a arma. De acordo com o depoimento, o indivíduo foi atacado com uma faca por pessoas que não conhece e, para se defender, atirou.

No final da tarde desta segunda-feira, 14, a Delegada Daniela Mineto informou a reportagem da Rádio Uirapuru que o acusado de ter efetuado o disparo que atingiu a criança segue preso e que ainda não há novidades sobre o caso.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.