RD Online
Lemarco
UNOPAR INFE
JP Celulares Redentora
Cotricampo
Gráfica Modelo
Ellas Engenharia
Anúncio Rádio RD Online
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
Gordelícias
UNOPAR VESTIBULAR
Via Tec telecom
Macali Brasil
Cervejaria da Praça
CENTER MÓVEIS REDENTORA
ZÉ AUTOMÓVEIS
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Banner Site
Mecânica e Auto Elétrica Pampa
Ceducar Centro Educacional Carla Renati Andriguetto
TÁXI REDENTORA
Casa Nova de Redentora
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
C-TEC REDENTORA
Auto Posto Gemelli
Rafa Instalações

Homem em situação de trabalho escravo é resgatado em propriedade rural no RS

13/08/2020 10h39
Por: Depto de Jornalismo .
Fonte: Portal Leouve
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Auditores da Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia, vinculados à Gerência de Caxias do Sul, resgataram um trabalhador de situação análoga à de escravo, em ação realizada na última segunda-feira (10) e terça feira (11), na localidade de Fazenda da Agência, interior do município de Esmeralda. O trabalhador exercia atividades gerais na propriedade rural, como lida com gado, roçada e manutenções.

Durante a ação, os auditores fiscais do trabalhado encontraram diversas irregularidades praticadas pelo empregador, dentre elas a não disponibilização de instalações sanitárias adequadas, péssimas condições de higiene e conservação da casa onde residia o trabalhador e problemas com as instalações elétricas. Também se verificou que não eram fornecidos ao empregado os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) obrigatórios.

Além das irregularidades anteriores, o empregado, de 59 anos, que iniciou suas atividades no local em 1º de junho de 2018, também não tinha o contrato de trabalho registrado na CTPS, não tendo sido submetido aos exames médicos admissional e periódicos. Não era respeitada a jornada de trabalho tampouco os intervalos estabelecidos em lei. Os salários eram pagos de forma irregular, sendo que, neste ano, em valor inferior ao mínimo nacional. Ao longo da contratualidade nunca foram pagos os 13ºs salários e as férias devidos.

Com o resgate efetuado, o trabalhador foi afastado do local das infrações, tendo sido levado para um hotel na cidade de Vacaria, onde aguarda o pagamento dos direitos que o empregador lhe deve.

Em decorrência da ação, serão lavrados os autos de infração cabíveis e emitida guia de seguro-desemprego, dentre outras medidas. O Ministério Público do Trabalho foi comunicado da ação para avaliar a necessidade do ajuizamento de alguma medida judicial contra o empregador, inclusive quanto ao pagamento dos valores rescisórios devidos, se for o caso.

  • Homem em situação de trabalho escravo é resgatado em propriedade rural no RS
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias