RD Online
Anúncio Rádio RD Online
Banner Site
JP Celulares Redentora
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Cotricampo
JBS S/A
Cervejaria da Praça
CENTER MÓVEIS REDENTORA
Gordelícias
Gráfica Modelo
C-TEC REDENTORA
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
Auto Posto Gemelli
Casa Nova de Redentora
Macali Brasil
Via Tec telecom
UNOPAR VESTIBULAR
Locutor Márcio Schimidt
Ellas Engenharia
Auto Posto Gemelli
Lemarco
UNOPAR INFE
"MELHOR HORA"

Melhor Hora Nota Gaúcha indica horários com menor movimento para fazer compras no RS

A utilização é bastante simples. Inicialmente, o usuário deve informar o tipo de comércio que deseja pesquisar em um dos 497 municípios gaúchos, bem como o respectivo bairro para consulta.

30/07/2020 17h39
Por: Depto de Jornalismo
Fonte: Ascom Sefaz/Receita Estadual/Secom

Visando contribuir para o combate à pandemia e fornecer mais uma possibilidade para auxiliar na prevenção à Covid-19, foi lançado nesta quinta-feira (30/7), o Melhor Hora Nota Gaúcha. Desenvolvida pela Receita Estadual em parceria com a Procergs, a ferramenta indica horários com menor nível de lotação para fazer compras em uma série de estabelecimentos do Rio Grande do Sul, abrangendo mercados, farmácias, pet shops, ferragens, livrarias, padarias, restaurantes e bares.

A estimativa é baseada nas notas fiscais de consumidor eletrônicas (NFC-e) emitidas pelos locais, que refletem as vendas realizadas, permitindo que os consumidores possam verificar os horários com tendência de menor fluxo de pessoas nos estabelecimentos.

“Sabemos que a compra em determinados tipos de comércio é imprescindível no dia a dia. Com o Melhor Hora Nota Gaúcha estamos fornecendo mais um serviço ao cidadão, buscando facilitar e proteger a vida das pessoas, evitando aglomerações”, afirma Ricardo Neves Pereira, subsecretário da Receita Estadual.

O mecanismo pode ser acessado tanto no computador como no celular, por meio do site  www.nfg.sefaz.rs.gov.br/melhorhora. A utilização é bastante simples. Inicialmente, o usuário deve informar o tipo de comércio que deseja pesquisar em um dos 497 municípios gaúchos, bem como o respectivo bairro para consulta. Após, basta selecionar o estabelecimento desejado na lista ou digitar o nome do local para filtrar as opções.

Os resultados são apresentados graficamente, com exibição dos níveis de fluxo, horário de pico e duas sugestões de melhor hora para ir ao local. O sistema leva em consideração o dia da semana e hora da pesquisa, destacando os próximos momentos de menor movimento para realizar as compras. O usuário também pode alterar o dia da semana, caso queira conferir os fluxos previstos nos dias seguintes.

As informações são estimadas com base em dados históricos e análises estatísticas, podendo não refletir a real ocupação de um local específico. Da mesma forma, pela ausência de emissão de NFC-e, as pesquisas podem não retornar resultados.

“Quanto mais os cidadãos solicitarem nota fiscal em suas compras, melhor funcionarão essa e outras ferramentas que temos disponibilizado no âmbito do programa Nota Fiscal Gaúcha. Além de ser obrigação do estabelecimento, a emissão de nota colabora para o combate à sonegação e à concorrência desleal”, afirma Ricardo Neves. Para criar o aplicativo, a Receita Estadual inspirou-se em uma iniciativa semelhante desenvolvida em Rondônia.

Como funciona o Melhor Hora Nota Gaúcha

1) Acesse o Melhor Hora Nota Gaúcha via computador ou celular no endereço  www.nfg.sefaz.rs.gov.br/melhorhora.

2) Escolha o tipo de comércio que você deseja pesquisar entre as opções disponíveis – mercados/supermercados, farmácias, pet shops, ferragens/materiais de construção, livraria/papelaria, padaria/confeitaria ou restaurantes/bares).

3) Selecione uma cidade entre os 497 municípios do Rio Grande do Sul e o respectivo bairro para pesquisa.

4) Por fim, escolha um estabelecimento da lista (digite o nome do local desejado para filtrar as opções e facilitar a busca).

5) Confira a melhor hora para ir ao local e evite aglomerações. Alterne o dia da semana pra conferir as estimativas para outros momentos.

Ferramentas para auxiliar no combate à Covid-19

Desde o início da pandemia, a Receita Estadual implementa, além das medidas que auxiliam as empresas, uma série de iniciativas para ajudar no combate ao coronavírus no Estado.

Para facilitar o acesso à informação, desde o fim de março foi dispensada a necessidade de consumidores realizarem cadastro no programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG) para fazer a consulta de preço dos produtos no aplicativo Menor Preço.

Nesse cenário, a ferramenta também passou a contar com uma nova funcionalidade para consulta rápida dos valores de itens básicos de prevenção, como máscaras, álcool gel e testes rápidos nos laboratórios da rede privada. Outra novidade implementada foi a publicação da lista de empresas com entrega em domicílio no aplicativo Nota Fiscal Gaúcha.

Além disso, como forma de ampliar a transparência e robustecer o processo de tomada de decisão, a Receita Estadual divulga semanalmente um boletim sobre os impactos da Covid-19 nos principais indicadores econômico-fiscais do Estado. A iniciativa ganhou destaque em inúmeras publicações regionais, nacionais e até mesmo internacionais, como o Relatório de Inflação do Banco Central do Brasil, em publicação da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados e em divulgação do Centro Interamericano de Administrações Tributárias (Ciat), uma das principais instituições de administração tributária a nível mundial.

Os boletins são publicados no site  Receita Dados (http://dados.receita.fazenda.rs.gov.br/) portal de transparência da Receita Estadual, em que também estão sendo divulgados painéis exclusivos sobre emissão de documentos fiscais eletrônicos no país e consulta de preços de combustíveis no Estado.

  • Melhor Hora Nota Gaúcha indica horários com menor movimento para fazer compras no RS
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias