RD Online
CENTER MÓVEIS REDENTORA
C-TEC REDENTORA
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
Cervejaria da Praça
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Macali Brasil
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
JBS S/A
UNOPAR VESTIBULAR
Ellas Engenharia
Cotricampo
Locutor Márcio Schimidt
Lemarco
Casa Nova de Redentora
Via Tec telecom
Auto Posto Gemelli
Gráfica Modelo
Auto Posto Gemelli
Anúncio Rádio RD Online
Banner Site
JP Celulares Redentora
UNOPAR INFE
Gordelícias
EQUIPAMENTOS

Bombeiros recebem da Defesa Civil equipamentos para emergências com produtos perigosos

Os materiais serão destinados para a Companhia Especial de Busca e Salvamento (CEBS) e as células da Força de Resposta Rápida (FR2) do CBMRS.

30/07/2020 11h05
Por: Depto de Jornalismo
Fonte: Ascom Defesa Civil/Secom
Material será utilizado em ocorrências envolvendo o manejo de produtos perigosos e no enfrentamento da Covid-19 - Foto: Camila Santos/Ascom Defesa Civil
Material será utilizado em ocorrências envolvendo o manejo de produtos perigosos e no enfrentamento da Covid-19 - Foto: Camila Santos/Ascom Defesa Civil

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil entregou nesta quarta-feira (29/7) drones e equipamentos de proteção individual (EPIs) para o Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS), na sede do comando-geral em Porto Alegre.

O material adquirido por meio do Fundo Estadual de Defesa Civil (Fundec), com investimento de R$ 247 mil, será utilizado nas ações de primeira resposta às ocorrências envolvendo o manejo de produtos perigosos e o enfrentamento da Covid-19. Os materiais serão destinados para a Companhia Especial de Busca e Salvamento (CEBS) e as células da Força de Resposta Rápida (FR2) do CBMRS.

“A participação do Corpo de Bombeiros Militar como o primeiro respondedor por excelência de emergências que envolvam produtos químicos perigosos é consolidada em todo país, e não poderia ser diferente no Rio Grande Sul, na medida em que a Constituição Federal determina a competência de atuação de Defesa Civil, que é dos Corpos de Bombeiros Militares”, ressaltou o subchefe da Defesa Civil RS, coronel Rodrigo Dutra.

Nas próximas semanas, acontecerá uma capacitação à distância em parceria com a empresa Ambipar, que disponibilizará acesso gratuito ao curso "Primeiro no local em acidentes com produtos perigosos”. Foram disponibilizadas 70 vagas para integrantes da Comissão Estadual de Prevenção, Preparação e Resposta Rápida a Emergências Ambientais Envolvendo Produtos Químicos Perigosos (P2R2).

O programa P2R2 consiste na adoção de estratégias de articulação dos órgãos de fiscalização e no desenvolvimento de programas de capacitação específicos para atuação em eventos de emergências química, biológica, radiológica e nuclear. Além do reaparelhamento dos órgãos de primeira intervenção estatal como Fepam, Corpo de Bombeiros Militar, Brigada Militar, por meio dos Comandos Rodoviários e Ambiental, o qual faz parte de um importante campo de atuação da Defesa Civil Estadual.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias