RD Online
Gordelícias
Nacional Gás Redentora
Cervejaria da Praça
Anúncio Rádio RD Online
CENTER MÓVEIS REDENTORA
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Móveis Rústicos do Nego Claudio
Banner Site
METALÚRGICA PORTELA
JP Celulares Redentora
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
Casa Nova de Redentora
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
UNOPAR INFE
Via Tec telecom
UNOPAR VESTIBULAR
Cotricampo
Locutor Márcio Schimidt
Gráfica Modelo
JBS S/A
Macali Brasil
Ellas Engenharia
Lemarco

Polícia Federal investiga fraudes em programas de financiamento agropecuário na região

30/06/2020 14h16
Por: Depto de Jornalismo .
Fonte: RD Foco
Foto: PF/Divulgação
Foto: PF/Divulgação

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (30), a Operação Hemera que investiga fraudes no Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) do Governo Federal.

Cerca de 30 policiais federais cumpriram nove mandados de busca e apreensão nos municípios de Passo Fundo, Ijuí, Tapera e Salto do Jacuí.

De acordo com as investigações, após receberem financiamento agrícola de programas federais, como o Pronaf (de fortalecimento da agricultura) e o Pronamp (custeio e investimento para médios produtores), agricultores alegavam perdas na produção e utilizavam notas fiscais de aquisição de insumos adulteradas para receber o seguro.

Documentos, arquivos digitais e celulares foram apreendidos pela PF. Também foi identificado um grupo de empresas e pessoas físicas que eram as responsáveis pelo fornecimento das notas fiscais.

As investigações iniciaram em 2019 e apurou fraudes na obtenção do seguro referentes às safras de 2016 e 2017.

De acordo com a PF, os crimes praticados vão desde falsificação de documento particular, uso de documento falso e tentativa de estelionato.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias