RD Online
Gráfica Modelo
Anúncio Rádio RD Online
C-TEC REDENTORA
UNOPAR VESTIBULAR
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
JP Celulares Redentora
UNOPAR INFE
Casa Nova de Redentora
CENTER MÓVEIS REDENTORA
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Lemarco
Cotricampo
Auto Posto Gemelli
Banner Site
Auto Posto Gemelli
JBS S/A
Via Tec telecom
Cervejaria da Praça
Gordelícias
Macali Brasil
Locutor Márcio Schimidt
Ellas Engenharia
OPERAÇÃO EXPLOSÃO

Operação Explosão prende 5 pessoas e localiza corpo na Região Metropolitana

Em relação à ossada, encontrada em Sapucaia do Sul, a suspeita é de que o corpo pertença a uma vítima do grupo criminoso.

14/02/2020 17h30
Por:
Fonte: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil/Divulgação
Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um corpo ainda sem identificação foi localizado e cinco pessoas presas na Operação Explosão da Polícia Civil, deflagrada na manhã desta sexta-feira (14), em Sapucaia do Sul e General Câmara. Executada em conjunto pela 2ª DP de Sapucaia do Sul e Brigada Militar, o objetivo da operação é desarticular o crime organizado e combater homicídios e tráfico de entorpecentes em Sapucaia do Sul.  Em relação à ossada, encontrada em Sapucaia do Sul, a suspeita é de que o corpo pertença a uma vítima do grupo criminoso.

A operação foi motivada pelo recente crescimento no número de homicídios, nos meses de agosto e dezembro do ano passado. Pontualmente, do dia 23 de dezembro a 27 de janeiro deste ano, outro pico de criminalidade foi registrado: foram 10 assassinatos.

As investigações levaram cerca de cinco meses e resultaram na identificação de diversos locais e suspeitos envolvidos com os crimes. “Por meio da investigação qualificada e da inteligência policial, pudemos apurar que 90% desses crimes foram desencadeados pelo tráfico de entorpecentes”, afirmou a titular da 2ª DP de Sapucaia do Sul, Luciane Bertoletti.

O comandante do 33ª Batalhão de Polícia Militar (BPM), coronel Vlaimir Luis Silva da Rosa, afirma que “onde houver homicídios, a Brigada Militar vai atuar com força até encontrar os seus autores e desarticular pontos de tráfico de drogas apontados pelo serviço de inteligência.” Já segundo o diretor da 2ª Delegacia Regional de Polícia Metropolitana (DPRM), delegado Mario Souza, a cooperação entre as instituições é o que inibirá o crescimento da violência na cidade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias