RD Online
Macali Brasil
Gugui Confecções
Anúncio Rádio RD Online
Gráfica Modelo
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
METALÚRGICA PORTELA
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
UNOPAR INFE
Móveis Rústicos do Nego Claudio
UNOPAR VESTIBULAR
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
JP Celulares Redentora
Banner Site
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
CENTER MÓVEIS REDENTORA
Cervejaria da Praça
Raynet Telecomunicações
Nacional Gás Redentora
Via Tec telecom
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
TELE ENTREGA DE GÁS E BEBIDAS DO JAIRO
RONALDO NOGUEIRA

Ronaldo Nogueira entrega carta de demissão da presidência da Funasa.

Carazinhense alegou que sua vinculação a uma investigação da Polícia Federal que apura desvios no Ministério do Trabalho pode prejudicar o governo.

11/02/2020 21h47
Por: Gilmar Machado
Fonte: Diário da Manhã
Foto: Arquivo\Diário
Foto: Arquivo\Diário

O ex-deputado federal e ex-ministro do atualmente extinto Ministério do Trabalho, Ronaldo Nogueira, entregou no fim da tarde desta terça-feira (11) sua carta de demissão da presidência da Fundação Nacional da Saúde (Funasa).

O documento em que Nogueira coloca seu cargo à disposição foi endereçado ao Presidente da República, Jair Bolsonaro, ao Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e ao Ministro-Chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Ronaldo Nogueira argumenta que a vinculação do seu nome com uma investigação da Polícia Federal que apura desvios no Ministério do Trabalho entre os anos de 2016 a 2018 (período em que Nogueira ocupava o cargo de ministro da pasta), pode prejudicar o governo, o que o levou a pedir sua saída da equipe do Executivo federal.

A carta de demissão de Nogueira foi assinada pelo Ministro da Saúde logo após a entrega do documento.

Confira a íntegra da carta encaminhada ao Presidente Jair Bolsonaro

 

Por Diário da Manhã