RD Online
UNOPAR VESTIBULAR
Auto Posto Gemelli
C-TEC REDENTORA
Ceducar Centro Educacional Carla Renati Andriguetto
CENTER MÓVEIS REDENTORA
Gráfica Modelo
TÁXI REDENTORA
Via Tec telecom
Macali Brasil
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Vital Seg Serviços de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
Mecânica e Auto Elétrica do Betinho
Gordelícias
ZÉ AUTOMÓVEIS
Casa Nova de Redentora
Lemarco
JP Celulares Redentora
Cervejaria da Praça
Banner Site
UNOPAR INFE
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Cotricampo
Ellas Engenharia
Rafa Instalações
Anúncio Rádio RD Online

Recuperação do calendário escolar de 2019 deve começar nesta quarta, 15/1

Sugestão de calendário prevê aulas até 27 de fevereiro

15/01/2020 08h47
Por:
Fonte: Secom/RS

Após o encerramento da greve do magistério na tarde desta terça-feira, 14 de janeiro, a Secretaria da Educação (Seduc) emitiu às Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) uma nova sugestão de reposição das aulas nas escolas estaduais que aderiram à greve. Ao todo, foram 37 dias de paralisação, entre 14 de novembro de 2019 e 14 de janeiro de 2020.

Conforme sugestão da secretaria, a recuperação começa nesta quarta-feira, 15 de janeiro, e segue até 27 de fevereiro. A medida busca garantir aos estudantes o direito de, no mínimo, 200 dias letivos e assegurar a carga horária de 800 horas para o Ensino Fundamental e 1.000 horas para o Ensino Médio.

Após os 30 dias de férias, as escolas que ainda permaneciam em greve e realizaram a recuperação devem começar o ano letivo de 2020. “Grande parte das escolas já iniciaram a reposição do ano letivo ainda no primeiro calendário que sugerimos, que se iniciou em 21 de dezembro. Nossas orientações são para escolas remanescentes, já que grande parte já concluiu o calendário escolar de 2019”, explica o secretário da Educação, Faisal Karam.

Clique aqui para conferir a íntegra do Memorando. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias